Um oswald de bolso: crítica cultural ao alcance de todos

A antropofagia é um desses conceitos — talvez até um desses pontos nodais — que, de há uns trinta anos para cá, vem disputando — ou ainda: é disputada —, enquanto possibilidade de apreensão daquilo que nos fosse peculiar. A presente obra que a leitora, o leitor tem em mãos — Um Oswald de bolso: crítica cultural ao alcance de todos, de autoria do Prof. Osmar Moreira — é instigante, um acontecimento, porque nos coloca exatamente no meio desses aspectos nodais, em que o simbólico, o imaginário e o real se tocam. A propósito desse acontecimento representado pela obra do Prof. Osmar, gostaria de, a cunho de “nariz de cera”, esboçar brevemente alguns âmbitos de ocorrência — se é que eu o possa dizer assim — do pensamento de Oswald de Andrade justamente no lapso de tempo dos últimos decênios.

Acesse a versão em PDF clicando aqui:

 

SANTOS, O. M.. Um oswald de bolso: crítica cultural ao alcance de todos. 1. ed. Savador: Quarteto, 2010. v. 1. 158p .