Disciplinas

DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS

CCult 150 – TEORIAS E CRÍTICAS DA CULTURA (60 h – 04 C)

Ementa:
A noção de cultura numa abordagem transdisciplinar e envolvendo estudiosos clássicos e contemporâneos; colocar em movimento noções derivadas como multiculturalismo, hibridismo, identidades, mundialização, diásporas e mediações culturais. Mapear as principais vertentes críticas e seus usos nas lutas minoritárias, envolvendo relações de gênero, raça, classe e produções do saber. Operar com noções tais como genealogia, desconstrução, políticas do valor, interpretação de interpretações, fazendo avançar as práticas do materialismo cultural, em tempos de capitalismo tardio e de globalização.

CCult 151 – METODOLOGIA DA PESQUISA EM CRÍTICA CULTURAL (60 h – 04 C)

Ementa:
Esta disciplina contribui para uma crítica ao modelo hegemônico de ciência. Propõe estratégias para uma outra articulação entre teoria e prática. Favorece uma discussão avançada sobre os projetos de pesquisa.

DISCIPLINAS Optativas da Linha 1

CCult 153 – LITERATURA COMPARADA (45 h – 03 C)

Ementa:
Estudos sobre os procedimentos do comparativismo literário no Brasil, seus debates e tensões disciplinares e inter/contra/transdisciplinares. Literatura comparada contemporânea e suas relações com os Estudos Culturais anglo-americanos; o lugar da crítica cultural internacional na reinvenção do espaço político nas academias e instituições literárias. Reflexão sobre a “caixa de ferramentas” da teoria, crítica e historiografia da literatura comparada contemporânea.

CCult 154 – LITERATURA, CULTURA E MODOS DE PRODUÇÃO (45 h – 03 C)

Ementa:
Estudos sobre o lugar das literaturas periféricas na economia da cultura; um mapeamento dos modos de produção como suporte tecnológico para a produção literária e cultural no capitalismo tardio; políticas públicas culturais e o lugar das demandas locais de produção, consumo e distribuição de bens culturais; representações da cultura global e hegemônica na produção literária e cultural de artistas menores, amadores e anônimos. Novas formações discursivas sobre as formas de economia solidária e mercado para a literatura e a cultura.

CULTURA E BIOPOLÍTICA (45 h – 03 C)

Ementa:
Estuda as formas e procedimentos de construção da memória literária e cultural em sua relação com os modos de testemunhar, implicados na resistência aos dispositivos de controle e gerenciamento da vida pelo estado e seus mecanismos de violência e exceção.

TRADIÇÃO ORAL E CULTURA POPULAR (45 h – 03 C)

Ementa:
Estudo de textos tradicionais e de comunidades narrativas, destacando-se a demarcação de territórios, construção da memória coletiva e afirmação de identidades no seu processo de produção/recepção, bem como problematizando as fronteiras entre o popular e o massivo, em tempos de práticas hegemônicas da indústria cultural.

DISCIPLINAS Optativas da Linha 2

CCult 155 – LITERATURA E CULTURA AFRO-BRASILEIRA E AFRICANA (45 h – 03 C)

Ementa:
Enfoca os conceitos de raça, etnia, classe, gênero/sexualidade constitutivos da subjetividade de professores e alunos na relação pedagógica; discute possibilidades de sua abordagem na escola a partir da formação de professores. Conceitos como identidade/ancestralidade e resistência negra e indígena são tratados de forma transdisciplinar e interseccional, com o objetivo de incorporá-los ao currículo da escola básica.

CCult 156 – POLÍTICAS DE LETRAMENTO (45 h – 03 C)

Ementa:
Estuda as políticas públicas de leitura e escrita instituídas nas comunidades rurais e urbanas; proporciona o acesso aos estudos de letramento em contextos minoritários e culturalmente relevantes; problematiza a relação entre cultura escrita e cultura oral; investiga os mecanismos lingüísticos, sócio-cognitivos e ideológicos implicados no ensino-aprendizagem da leitura e nas diversas práticas culturalmente situadas de uso da escrita impressa ou digital.

CCult 157 – POLÍTICAS DA SUBJETIVIDADE (45 h – 03 C)

Ementa:
Estudos sobre a ocidentalização do mundo e a exclusão do outro e do estranho, figurada nas ordens dos despejos lingüístico, territorial e cultural; representações da diferença cultural nas formas culturais hegemônicas; formas culturais de construção do cuidado de si e do outro; espacialidade, simulacros e formas minoritárias de mediação na contemporaneidade; recomposições do pertenciamento, da auto-estima e as políticas de reparação econômica e cultural; o espaço sócio-cultural da escola como dramatização e expiação da barbárie.

LINGUAGENS NA SALA DE AULA (45 h – 03 C)

Fundamentos de estudos linguísticos aplicados à educação e à cultura, numa perspectiva crítica. Linguística Aplicada e transculturalidade. Linguagens, educação e letramento intercultural. Problematizações em torno das linguagens, focalizando aspectos discursivos, éticos e ideológicos. Leitura, escrita e ensino. Letramento crítico, literário, digital. Questões de linguagem, na perspectiva de raça/gênero e sexualidades.

ATIVIDADES OBRIGATÓRIAS

CCult 161 – PESQUISA ORIENTADA (Durante os semestres e com créditos vinculados aos da Dissertação)

CCult 162 – TIROCÍNIO DOCENTE (No 3° semestre e com créditos vinculados aos da Dissertação)

CCult 163 – PROJETO DE DISSERTAÇÃO (No 3° semestre e com créditos vinculados aos Seminários nas e entre as Linhas de Pesquisa, bem como aos créditos da Dissertação)

CCult 164 – EXAME DE QUALIFICAÇÃO (Depois das disciplinas, no 3° semestre e com créditos vinculados aos da Dissertação)

CCult 165 – SEMINÁRIOS NAS/ENTRE LINHAS DE PESQUISA I (45 h – 03 C)

Ementa:
Estudo, reflexão e debate sobre os projetos de pesquisa em andamento realizados no interior e entre as linhas pelos discentes e docentes do programa.

CCult 166 – SEMINÁRIOS NAS/ENTRE LINHAS DE PESQUISA II (45 h – 03 C)

Ementa:
Estudo, reflexão e debate sobre os projetos de pesquisa em andamento realizados no interior e entre as linhas pelos discentes e docentes do programa.

CCult 167 – PRODUÇÃO CIENTÍFICA INTERLINHAS (15 h – 01 C)

Ementa:
Prática discente envolvendo participação em eventos locais, nacionais e internacionais, apresentando comunicação oral e escrita, bem como publicação de artigos em anais, periódicos e/ou como capítulos de livros, os quais, eventos e meios de publicação, devem ser qualificados conforme critérios da Capes e com arbitragem do corpo docente do programa.

Sem título

SEMINÁRIO INTERLINHAS 2015.1

Nos dias 08 a 10 de abril de 2015 realizaremos o Seminário Interlinhas 2015.1

unnamed

Resultado do Processo Seletivo 2015 de Bolsista da FAPESB e CAPES

Resultado do Processo Seletivo 2015 de Bolsista da FAPESB e CAPES para Alunos Regulares do Poscritica.